Início | Notícias | Fotos | Brunhoso | Tradições | Artesanato | L. de visitas | Fórum Blog | Ligações  

Brunhoso
Brunhoso em 1908
Origem do nome Brunhoso
Brunhoso, os tempos, a terra e as gentes
Localização
Fotografia por satélite
Sítios Arqueológicos
     Fraga do Poio

     Crasto
Quadras sobre Brunhoso

Poema "Meu Rio Sabor"
Fotografias do Sabor

Tradições da Páscoa
Tradições de Natal

A matança do porco
Alheiras
Rascas
Casamentos do Caneiro
A cultura do linho
A segada

 
 Pedras no Poio


à descoberta do Poio


Investigando as rochas no Poio

Poio
Muralha na Fraga do Poio

Sítios Arqueológicos - Fraga do Poio

Fraga do poio

Designação: Fraga do Poio

Tipo de Sítio: Povoado Fortificado

Período/Notas: Idade do Ferro

CNS: 19427

Topónimo: Fragas do Poio

Div. Administrativa: Bragança/Mogadouro/Brunhoso

Classificação: -

Descrição: Povoado fortificado de pequena/média dimensão situado sobranceiramente à Ribeira dos Juncaínhos, curso de água subsidiário do rio Sabor.
O local possui boas condições de defesa natural, uma vez que aproveita parte de um relevo em esporão que sobre o lado sul é interrompido por uma arriba vertical com uma altura superior aos 100 metros.
O local é designado pela Fraga do Poio e desenvolve-se numa pequena plataforma de configuração sub-circular. Só no sector norte, muito próximo das ruínas de uma casa de apoio agrícola, é possível identificar os vestígios materiais de uma portentosa muralha realizada à base de pedra partida de xisto, um torreão, um fosso escavado no afloramento rochoso, e imediatamente a seguir, um campo de pedras fincadas já muito destruído.
Os vestígios estruturais desta complexa arquitectura defensiva detectam-se exclusivamente na zona de maior vulnerabilidade do local, como o é, efectivamente, o sector mais meridional do esporão.
O complexo defensivo protege um perímetro interno onde sobressai uma pequena plataforma mais propícia ao assentamento de estruturas habitacionais.
A seguir a esta plataforma a geomorfologia do monte vai-se tornando mais boleada e com pendentes mais inóspitas ao assentamento de estruturas. O local encontra-se ocupado por espessa vegetação.
Não foram detectados materiais cerâmicos de superfície.

Ref. Bibliográficas: Memórias arqueológico-históricas do distrito de Bragança: arqueologia, etnografia e arte/1934

Trabalhos: Relocalização/Identificação/2003

Datações: - 

 

Fraga do poio 

Relocalização/Identificação 2003

Designação do Sítio: Fraga do Poio

CNS: 19427

Tipo de Trabalho: Relocalização/Identificação

Ano do Trabalho: 2003

Projecto: Relocalização, identificação e inspecção de sítios pela Extensão do IPA - Macedo de Cavaleiros

Estado: Outros

Objectivos: Relocalizar e avaliar o estado de conservação dos sítios na Extensão de Macedo de Cavaleiros.

Data de Início: 28/10/2003
Data de Fim: 28/10/2003

Resultados: Identificou-se um povoado fortificado inédito. O sítio designado como Fraga do Poio situa-se sobranceiramente à Ribª dos Juncaínhos. O seu complexo defensivo é constituído por uma linha de muralha realizada à base de pedra partida de xisto, um torreão, um fosso escavado no afloramento rochoso e um campo de pedras fincadas. A tipologia de assentamento, associada à tipologia do complexo defensivo observado na Fraga do Poio, permitem classificar este sítio como um povoado da Idade do Ferro.

Arqueólogos: António Luís Pereira/Responsável

Início | Topo |

 

Xo_oX