Início | Notícias | Fotos | Brunhoso | Tradições | Artesanato | L. de visitas | Fórum Blog | Ligações  

 

Feira dos Burros do Azinhoso 09-09-2007
Jantar convívio de toda a população de Brunhoso
10-08-2007
Passeio ao Rio Sabor em busca das Rascas (09-08-2007)
Peddy-paper e almoço convívio (22-07-2007)
O passeio ao Rio Sabor foi um sucesso (08-04-2007)
Carnaval 2007
(20-02-2007)
Montaria ao Javali (10-02-2007)
Os Reis
(06-02-2007)
Bruxelas contra a Barragem do Baixo Sabor  (18-11-2005)
Eleições autárquicas 09-10-2005
Eleições legislativas 20-02-2005
Notícias 2004

 

Arranjos na Fraga do Poio

Depois de passar praticamente todo o mês de Agosto longe de Brunhoso, tive, nos últimos dias do mês a oportunidade de usufruir da tranquilidade da aldeia.

No dia 29 desloquei-me à Fraga do Poio para ver com os meus próprios olhos a intervenção que foi feita no local. Foi aberta uma rodeira desde a corte até ao topo das fragas. Confesso que enquanto me dirigia a pé para o local tive muitos pensamentos mas os principais eram de preocupação pelo dano que uma máquina retroescavadora poderia causar no local. Quando cheguei verifiquei com satisfação que houve bom senso para não mexer em determinados locais, onde se gente especializada deve mexer.
Não sei se levar os carros até ao cimo das fragas é importante. Para mim não o é. Eu apostaria em preparar um espaço de acolhimento, onde ficassem os carros, com algumas mesas e bancos rústicos à sombra de alguns sobreiros, abrindo um caminho para peões de perto da corte até ao alto da fraga. Eu penso assim, porque gosto de andar a pé. A rodeira para os carros já está aberta.

No alto do Poio havia várias marcações. Destinam-se à colocação de protecções junto da falésia delimitando alguns miradouros.

Pude constatar, mais uma vez, que a vista é fantástica, mas causa-me algum incómodo pensar que todo o ecossistema que se criou em milhares de anos está prestes a ser submerso.

Em conversas que mantive na aldeia inteirei-me do empenho do senhor Moredo no arranjo no alto da Fraga, bem como da sua vontade de levar até ao local água canalizada. A Junta de Freguesia está também sensível a essa questão, embora ainda haja muito caminho para desbravar, como por exemplo o facto da corte junto às ruínas do castro, na Fraga do Poio, ser propriedade privada.
 

Xo_oX

 14.10.2010

Xo_oX